A história da British American Racing (BAR) Team Racing – Equipes Históricas da F1 – Super Danilo F1

Fonte: A história da British American Racing (BAR) Team Racing – Equipes Históricas da F1 – Super Danilo F1

Anúncios

“Eu apenas quero o bem da F1”

As palavras acima foram ditas por Bernie Ecclestone, em uma entrevista ao Sport And Uno, um portal de notícias europeu.

Nessa mesma entrevista ele comentou que, apesar de não ser muito bem-vindo nos eventos oficiais da F1, não guarda magoas de ninguém e apenas quer o bem da F1.

O tio Bernie (como é carinhosamente chamado) citou na mesma entrevista que os motores híbridos é um desastre e deu a entender que, quando as regras de 2021 forem mudadas, os motores híbridos deveriam ser extintos.

Mas eu fico pensando: Mas esses motores foram implementados durante a sua gestão. Já que ele está achando ruim que a Liberty Media não dá um jeito, por ele mesmo não fez isso enquanto podia?

Basicamente a explicação dele é que a Liberty está pensando mais no comercial do que na diversão do público, mas quem disse que ele dava prioridade ao público quando era o chefão?

Ele falou também que estava preocupado com os caminhos que a nova gestão da F1 está seguindo, mas penso eu, que dificilmente, seria diferente se ele ainda fosse o dono, o chefão, o líder, o mandatário, o “manda-chuva”….

Por fim, me chama a atenção quando ele disse que o presidente da Ferrari está lá na F1 por mero interesse comercial. Suponho que 90% ou mais da turma não está la por causa da Formula 1, do automobilismo, do público ou coisa parecida. Acho que nem ele próprio pensava nisso. Podia até pensar, mas não era prioridade. Acho que o Frank Williams é um dos pouquíssimos que está lá porque gosta.

Resumindo tudo, acho que o Ecclestone está vendo pelo outro lado da linha, as coisas que ele mesmo fez nos últimos anos da F1. A F1 tem toda a força que tem hoje em grande parte pelo Ecclestone, mas o declínio da categoria também tem o dedo do tio Bernie. A Liberty na minha opinião está dando continuidade ao que ele fazia.

Não sei se ele fala essas coisas por interesse, ou se é simplesmente porque faz parte do ser humano falar mal do outro, ou agora do ponto de vista do torcedor, ele está vendo as besteiras que ele próprio fez nos últimos anos, ou pode ser porque não tem outra coisa melhor para fazer =D.

Ecclestone: Aqueles motores foi um desastre!

O ex-chefão da F1 Bernie Ecclestone ao ser entrevistado pelo portal Auto Motor und Sport, expos sua opinião sobre os atuais motores híbridos usados na F1:

– Aqueles motores foi um desastre desde o dia que foram apresentados!

Ele disse também:

– Há dois anos atrás, eu disse para as equipes: “Você pode manter esse maldito motor se a taxa e fluxo de gasolina forem aumentados”. Mas, na realidade por mim, esses motores nem existiriam. A Formula 1 deveria mesmo retornar ao uso dos motores V12. Aqueles sim proporcionavam boas corridas!

Fazer o que né?

Fonte: Super Danilo F1 Page / Auto Motor Sport

Hamilton: Prefiro Magny-Course!

O GP da França regressou ao campeonato de Fórmula 1 em 2018. Mas para Lewis Hamilton a ideia teria sido muito melhor se as corridas fossem em Magny-Cours:

– Sinceramente, não gosto do circuito (de Paul Ricard). Adorava o Grande Prémio em Magny-Cours. Paul Ricard está num lugar bonito, mas a pista… quando digo que não gosto, é porque não é tão boa quanto Magny-Cours… de qualquer forma talvez tenhamos a melhor corrida de toda temporada lá.

O GP da França a partir do dia 24 de junho de 2018 no circuito de Paul Ricard.

Fonte: Super Danilo F1 Page

Exagero de Mika Hakkinen?

O ex-piloto de F1, Mika Hakkinen, ao fazer um balanço de como foi a temporada de 2017, concluiu que o nível dos pilotos da F1 nunca foi tão alto. Ele declarou:

– O sucesso do Lewis ao ganhar quatro títulos mundiais é impressionante…. Fiquei muito satisfeito ao ver Valtteri [Bottas] ganhar dois Grandes Prémios. Ele é forte e equilibrado…. O Max Verstappen foi o melhor piloto do ano, porque é muito emocionante assisti-lo. Além do mais, a vitória de Daniel Ricciardo prova que nem a Ferrari e nem a Mercedes podem relaxar.

Em seu blog, Mika falou também sobre os novatos:

– Atrás das três principais equipes, achei muito interessante, particularmente com a nova geração de pilotos, Stoffel Vandoorne, Esteban Ocon e Carlos Sainz Jr. É emocionante vê-los correr. E quando se considera que os colegas de equipe deles – Fernando Alonso, Sergio Perez e Nico Hulkenberg – são muito rápidos, vemos que o nível de talento na Fórmula 1 hoje é provavelmente o maior que já existiu!

Por fim, Hakkinen concluiu que levando em conta essa nova geração de pilotos e a provável recuperação da McLaren e a entrada da Aston Martin, fará com que o campeonato de 2018 seja bem interessante conferir.

Será?

Otimismo de Hamilton?

Em entrevista ao Sky Sports News, o tetracampeão da Formula 1, Lewis Hamilton fez a seguinte declaração sobre Max Verstappen:

– Ele pode ser sim um candidato ao título… Ele tem habilidades fantásticas e todos nós já vimos o que ele pode fazer se tiver em mãos um ótimo carro e uma grande equipe.

Sobre os candidatos mais fortes para 2018, ele citou 3 nomes:

– Eu mesmo, Sebastian (o Vettel) e Fernando (Alonso). Estes são que me vem primeiro na mente.

Fonte: Super Danilo F1 Page